Voluntariado

Ajude.me

Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Sala de cocriação

Imagine um projeto derivado do http://catarse.me voltado para ajudar pessoas?

Pessoas que precisam de algum tratamento/medicamento/acessório e etc.. Iriam criar uma necessidade, exemplo:

Necessidade: "Preciso de uma cama hospitalar pois sofri um acidente de carro e não consigo me movimentar"

Quantia que preciso: Aluguel da cama por 6 meses : R$ 800 reais

Poderia conter fotos/vídeos e mais qualquer informação pertinente.

Diante da necessidade criada, qualquer um poderia fazer uma doação para a pessoa atingir o seu objetivo.

Recompensas: Lógicamente a pessoa que esta precisando não tem condições de oferecer alguma recompensa, certo? Aí que entra o legal da história! O projeto possuirá parceiros(empresas) disponibilizando seus produtos e serviços para quem fizer uma doação! Exemplo: - A empresa Philco dará 500 cafeteiras para o site a fim de ser distribuído para os doadores dos projetos - O banco Itaú dará um cartão de crédito sem anuidade - A Revista veja fornecerá assinatura grátis por 6 meses - A Sky fornecerá desconto etc, etc etc...

Acredito que o projeto seria bem bacana!


23/04/2012 19hs - Cocriação ( Diego e Deborah )

 1) A pessoa que for receber alguma ajuda, terá que realizar algum tipo de doação, 

seja ele uma doação de alimento não perecível até mesmo trabalhos artesanais e etc. Caso a pessoa em si não tenha condições de colaborar com nada, algum familiar/amigo ficará responsável pela colaboração, seja por ele mesmo ou através de mobilização de mais pessoas a fim de conseguirem ajudar. (por Deborah) 2) A curadoria do projeto poderia ser feita através do envio de um laudo médico, constando SID e CRM, a fim de filtrar fraudes. ( por Deborah ) 3) Para um plano futuro do portal: Ter renda suficiente para contratação de assistentes sociais que ficarão responsáveis por irem nas residências dessas pessoas para gravarem um vídeo( padrão para o site), tirarem foto e cadastrar a pessoa no portal. (por Diego) 4) As empresas poderia não só doar recompensas em si, mas também o tratamento completo, ou acessório necessário para a pessoa ou até mesmo dinheiro. 5) Convênio com universidades, a fim de recrutarmos professores a ajudar no supervisionamento dos estagiários a ajudarem em algum tratamento de forma voluntária. O aluno poderia ou ganhar alguma bolsa ou até mesmo hora de estágio. (por Deborah) 6) Profissionais que possuam clínicas, disponibilizarem tratamentos gratuitos. ( por Deborah ) 7) Não necessariamente profissionais poderiam contribuir, mas também motorista por exemplo, a fim de levar os pacientes para tratamento. ( por Diego ) 8) Banco de necessidades: Qualquer pessoa poderá oferecer algo para ser doado a quem esta precisando. Inclusive se a pessoa que recebeu uma ajuda se recuperou, ficará responsável em doar novamente a quem precisa. ( por Raciel )


Dúvidas: 1) Como vamos garantir que a pessoa esta realmente necessitando e não tentando tirar proveito? alguém sugere algo? ( por Diego Alvarez Nogueira) 2) Como fazer as pessoas participarem depois do projeto ser colocado no ar? ( por Maria Thereza Amaral ) 3)Nome para o projeto, pois o ajude.me já esta registrado ( por Diego Alvarez Nogueira )

Idéias: 1) Ajuda de profissionais (fisioterapeutas, enfermeiras e etc) ( por Deborah Griebeler) 2) Comprometimento do ajudado em ajudar alguém após sua recuperação ( por Raciel Gonçalves Junior) 3) Banco de necessidades ( por Paula Ugalde )


Diego

q tal usar esse modelo de plano de negócio?

1- Descrição geral da ideia

2- Modelo de negócio (vai ser uma ONG? Um negócio social? Uma empresa?)

Vantagens (quais são as vantagens desse modelo de negócio escolhido?): Vantagens para quem investir Vantagens para os beneficiários Vantagens para o negócio

3- Missão, Valores e Princípios

4- Objetivos (quais são os objetivos q queremos alcançar?) Objetivos Econômicos: Objetivos Sociais: Objetivos Ambientais:

5- Serviços Oferecidos (oq vamos oferecer?)

6- Análise de Fatores (Diagnóstico preliminar) a) Tendências – (oq esta acontecendo neste área hoje? Existe espaço para crescer?) b) Público Alvo – (quem serão nossos clientes/beneficiários?) c) Concorrência – (existe concorrência?) d) Parcerias – (quais são as possíveis parcerias?)

7- Organização (Como vamos funcionar?) a) Equipe de trabalho - (quantos vão trabalhar diretamente na ideia e quais suas funções?) b) Conselho Diretor - (quem vai mandar? a coordenação pode ser compartilhada?) c) Plano Operacional – (a ser construído) d) Localização geográfica – (onde será a sede? E pq?) e) Instalações e equipamentos – (oq precisaremos para funcionar?)

8- Plano de Ação/Cronograma (quais serão as ações do primeiro ano de vida da ideia? No 1º. e 2º. Semestres?)

9- Questões legais e de regulamentação (a ideia tem embasamento legal? Ou seja pode ser feita no Brasil seguindo as normas vigentes?)

10- Análise Financeira a) Estimativa de Investimento: b) Estimativa de custos fixos: c) Estimativa de custos variáveis: d) Fonte de recursos: e) Retorno do investimento: f) Meta financeira:

11- Riscos e desafios (quais são os principais problemas q a ideia vai enfrentar para ser executável?)

12- Referências (onde fomos buscar as informações utilizadas neste plano?)

Gostou desta ideia? Talvez você curta estas também =)

  1. Sistema de Gestão de Ideias para Pequenos Negócios.

    Iniciada por Vinicius Munhoz

    Criar um sistema de gestão de ideias para ajudar pequenos negócios a inovar. Entendendo Inovação = Criatividade + Atitude + Resultados. --- Vinicius, q tal usar esse mo...

    CrowdbusinessCrowdbusiness
    • 7
  2. Mult Coworking

    Iniciada por Marcos Da Cruz

    É um espaço colaborativo que pode ser locado onde jovens empreendedores Soterapolitanos de distintas áreas podem dividir o mesmo espaço e as despesas também. Para manter um escr...

    CrowdbusinessCrowdbusiness
    • 52
  3. Ponto Social - Plano de Negócios

    Iniciada por Seiji Fujita

    O Ponto Social vem pra responder 2 grandes problemas das entidades do terceiro setor: - Como uma entidade pode atuar de forma efetiva, eficaz e constante em pequenos e médios mu...

    CrowdbusinessCrowdbusiness
    • 0
Gostou

Colabore com referências e mais informações para o desenvolvimento desta ideia. Ajude a elaborar as necessidades e próximos passos!

Você precisa fazer login para poder colaborar.

Picture?type=square
Publicada há quase 2 anos

Precisa de Dicas pra sua ideia decolar?

http://festivaldeideias.org.br/ideias/5-redes-de-aprendizagem/ideia/724-toro-de-ideias-dicas-para-os-criativos-do-fdi

Responder
Picture?type=square
Publicada há 2 anos atrás

Aos criativos selecionados na primeira fase do Fdi um convite:

http://festivaldeideias.org.br/ideias/5-redes-de-aprendizagem/ideia/724-toro-de-ideias-dicas-para-os-criativos-do-fdi

Responder
Picture?type=square
Publicada há 2 anos atrás

Pessoal, compartilhando as oportunidades, mais uma iniciativa de crowdfunding

inscrições até 31/08

http://movimentohotspot.com/

Responder
Picture?type=square
Publicada há 2 anos atrás

Salve salve Diego,

Sensacional sua ideia. Acredito que podemos criar uma sinergia de ideias fenomenal numa visão de multiplataforma de Bem Comum.

Acredito que realizar a nossas ideias e integrar as plataformas colaborativas poder ser uma integração incrivelmente boa!

A Rede Fibing nasce e caminha nesses fluxos, facilitar e promove soluções criativas e inovadoras, gerando valor e expandindo conhecimentos.

Que tal então o plano B de cocriação? ...Com um B de Bem Comum!

Cocriar e cofinanciar sua ideia pelo Primeiro modelo de financiamento de ideias baseadas em Bem Comum viabilizado pela lógica das compras coletivas e do crowdfunding. Entenda melhor:

http://festivaldeideias.org.br/ideias/4-crowdbusiness/ideia/538-consumo-colaborativo-para-uma-vida-mais-feliz%20

Acredito ser possível criarmos sinergias entre nossas ideias e assim, naturalmente, favorecer as interações e cocriações das ideias. E como sabemos isso é fundamental aqui no Festival de ideias --- Vamos cocriar!

Acredito que as perguntas podem favorecer os fluxos da cocriação, nesse caso:

- - Você acredita que é possível a sua boa ideia receber colaborações por via do consumo colaborativo em rede?

Caso acredite ser possível, inicie sua cocriação respondendo as perguntas, tanto nos comentários do perfil da sua ideia como no da nossa ideia – (http://festivaldeideias.org.br/ideias/4-crowdbusiness/ideia/538-consumo-colaborativo-para-uma-vida-mais-feliz%20).

Como é comum para quem colabora com projetos no modelo Crowdfunding - receber recompensas/contrapartidas - creio que a essa é a melhor recompensa para esse processo de cocriação:

Ampliar a rede do bem comum!

Grato colega idelialista Diego do festival de ideias :>)

Saudações idealistas e felizes a todos nos :>)

João Paulo

Responder
Picture?type=square
Publicada há 2 anos atrás

Oi, Diego Alvarez Nogueira! Tudo bem? Algum avanço na ideia? Acabei não conseguindo acompanhar, mas queria saber como posso ajudar. Me atualiza, por favor?
Beijos...

Responder
Picture?type=square
Publicada há 2 anos atrás

Olá Debora.. ta complicado aqui.. estou sem internet banda larga.. estou com um modem 3G... meio fraco... assim que normalizar, vamos marcar algo sim!

Responder
Picture?type=square
Publicada há 2 anos atrás

Legal, @Diego! Vamos sim! Como está sua agenda essa semana? A minha está complicada, mas damos um jeito. Depois das 20h pra mim está lindo! Nos falamos. Tks ;)

Responder
Picture?type=square
Publicada há 2 anos atrás

Olá @Deborah Griebeler, tudo certinho! e vc? Estava meio off... recebemos mais uma valiosa colaboração do Seiji Fujita. Que tal marcamos um bate papo? igual aquele dia via skype?

abs!!

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Pessoal, essa ideia esta aqui ó Dreabe.com dêem uma olhada...

Responder
Picture?type=square
Publicada há 2 anos atrás

Inspirador a proposta do DREABE. Parabens Djeison! Meu caro, você acha possível, cocriar uma multiplataforma de Bem Comum como nossa ideia? Entenda melhor www.fibing.net Poderíamos favorecer o financiamento dos sonhos de interesse coletivo (bem comum) da plataforma no DREABE o que achas? Caso veja possibilidades comente sobre essas em no perfil de nossa ideia: http://festivaldeideias.org.br/ideias/4-crowdbusiness/ideia/538-consumo-colaborativo-para-uma-vida-mais-feliz%20 Acredito que seja possível e bem positivo criarmos essa sinergia de Bem Comum! Abs, JP

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Galera! Alguém consegue dar uma formatada no texto do projeto? Não estou conseguindo, esta ficando tudo embolado... vlw!!!!

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Olá Diego, você conhece essa ideia do free chocolate and doing good? http://www.anthonberg.com/default.aspx?ID=3236 Poderia seguir nessa linha também... não só financeiro mas por outras trocas de diversas coisas.

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Oi, Diego! Parabéns pela ideia! Gostei bastante pois sugere uma integração entre iniciativas pessoais e empresariais. Gostaria de sugerir uma coisa (se é que já não está contemplada, mas "oculta"...rs): essa necessidade não pode ser um serviço? Por exemplo: alguém para digitar um trabalho ou mesmo corrigí-lo; uma pessoa para auxiliar um idoso a fazer compras; etc???
Visitei o site que o Alessandro Emerich sugeriu aqui, mas pelo que entendi ele é voltado para o apoio emocional (tbm super importante, mas diferente do que sugeri acima).
Ótima proposta, Diego! Conte comigo para ajudá-lo...

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

O que acha??? Quanto à sua questão...bom ponto! Vou pensar!!! ;)

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Será no Centro Ruth Cardoso das 16h00 às 22h00. Estarei num curso nesse dia mas posso tentar chegar umas 21h lá. Ou podemos ir trocando por aqui (ou via Skype ou mesmo nos encontrarmos em algum lugar fácil para ambos) ou nos encontramos no próximo dia de co-criação, 02 de maio.

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Deborah Griebeler Legal mesmo! A cada comentário uma nova idéia!!! :) :) :)

Onde e que horas será o encontro no dia 25?

Ah, tenho uma dúvida quanto ao funcionamento do projeto, veja se consegue pensar em algo:
Como vamos garantir que a pessoa esta realmente necessitando e não tentando tirar proveito?

abs

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Putz, Diego Alvarez Nogueira, super válido. Vc tem razão. O Ajude.me não pode abraçar o mundo senão perderá o foco. Mas, no funnnnnnnndo mesmo, a linha é muito tênue. Podemos sim caminhar com projetos paralelos e avaliarmos mais pra frente o que faz mais sentido: junto ou separado.
Em relação à legislação, sim, podemos encontrar um agente de integração que faça esse meio de campo ou mesmo tecer uma rede de parceiros que façam essa articulação "peer-to-peer".

Acho que as ideias estão tomando corpo, hein?

Vc estará no Centro Ruth Cardoso no dia 25???

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Deborah Griebeler Bem pensado!! Mas vejo assim, se a idéia tem uma tração muito forte no que diz respeito a ajudar as pessoas, iremos dar um jeito! rsrsr concorda?
Você tocou num ponto realmente muito importante... legislação... Podemos pesquisar profissionais que já fazem esse tipo de serviço voluntário, para ver como eles trabalham e talvez podemos fazer o seguinte: Utilizar alguma instituição para cadastrar o profissional a fim de fazer esse intermédio, me entende? Tipo, o fisioterapeuta irá ajudar alguém através da instituição XYZ. Pois ai, cabe a instituição tratar dos trâmites... sei lá, só idéias..

Sobre "profissões não regulamentadas" que você diz, fico em dúvida de sair do foco de ajudar pessoas e voltar o projeto muito para business.. entende? acho que esse projeto deveria tratar somente projetos relacionados a assistência médica, como ( tratamentos, medicação, acessórios e etc )

Porém acho que essa idéia que vc deu super válida!! muito mesmo! Porque não criamos uma outra idéia voltada a serviços não regulamentados na categoria business? acha válido? ou acha que o ajude.me poderia comportar tb?

o que acha?

Muito bacana a troca de informação!!!! Valeu mesmo!!!

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Diego Alvarez Nogueira, pode ser uma super sacada essa dos serviços profissionais, mas não sei como fica isso em relação à legislação e etc. Por ex.: caso o profissional venha a cometer qualquer prejuízo (lesão num paciente ou aplicação de medicação errada), como isso ficaria uma vez que não há um contrato de serviços prestados. Mas acho que podemos enveredar por profissões não "regulamentadas" ou trabalhos que não envolvam riscos. Exemplos: profissionais de RH podem oferecer consultoria p/ elaboração de currículos ou orientações; profissionais de TI ensinarem como fazer uma busca ou algo mais avançado como dar consultoria sobre elaboração de sites; profissionais de propaganda fazerem campanhas publicitárias; etc... O céu é o limite, né? hehe

O que pensa a respeito???

Obrigada pela troca. Discussão riquíssima! =)

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Muito legal sua idéia Deborah!! Poderíamos evoluir talvez também para serviços profissionais, como: fisioterapia, aplicações de medicamentos etc.. o que acha?

Vlw pela excelente idéia!!

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Legal pessoal!! as idéias, dúvidas e sugestões estão brotando!!! Outra coisa que me preocupa muito seria a curadoria. Como vamos garantir que a pessoa esta realmente necessitando e não tentando tirar proveito? alguém sugere algo?

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Betânia Tavares, Simplesmente sensacional! Concordo plenamente com você, mas acredito que tenhamos que ter uma curadoria(não sei a melhor forma), pois senão o portal irá virar uma zona, infelizmente nem todo mundo pensa assim como você, muitos irão aproveitar, usar até mesmo de má fé.. sei que corremos esse risco em qualquer projeto, porém temos que ter alguma forma de filtrar um pouco, concorda? Gosto da idéia de ter voluntários para ajudar nessa curadoria, como um assistente social...
Var participar do call hoje as 19h? abs

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Diego, sinceramente: Quando fazemos o bem, não nos perguntamos o que a pessoa fará com aquilo que estamos doando... (Ao menos a maioria dos voluntários ativos que conheço, não perguntam. Eu, também não!). A idéia de fazer o bem, não é se preocupar com o que será feito pelo beneficiado... Talvez eu seja utópica; porém, minha idéia de fazer o bem é fazer bem a mim mesma, me tornando uma pessoa melhor e daí, transformando o mundo em um lugar de pessoas melhores. Consequentemente, o mundo será melhor! Costumo dizer que faço trabalhos voluntários para trazer à luz a minha própria sombra. Não encontrei definição melhor!...Se é para incentivar o voluntariado, mostremos às pessoas que os maiores beneficiados são elas mema! (Penso que por causa dessa "coisa" de" não levar desaforos pra casa" é que ninguém faz nada pelo outro!). Doar é doar-se! E não pedir algo em troca! Na minha visão, estão pregando o voluntariado de forma errada!... Penso também que por isso é tão difícil captar voluntários!... É preciso pregar a doação, independente de se esperar algo em troca! Uma vez solicitada a necessidade, seja atendida! Insistindo na questão do que a pessoa fará com a doação... Quem sabe voluntários pra acompanhar o processo de utilização do bem doado? (Tem muita gente que adoraria ser voluntário assim, não acha? Através do cadastro, o acompanhamento desses voluntários). Dessa forma, o número de voluntários cresce da forma que melhor apraz a cada um). Voluntário tem que estar feliz com o que está fazendo! Tem que gostar do que está fazendo e graças a Deus, somos todos iguais, mas diferentes! Achei a idéia do AJUDE-ME super legal!!!

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Parabéns pela ideia Diego Alvarez Nogueira!! oi Raciel! Tudo bem? Acho que andamos perdendo o contato não? Concordo com o que escreve!! Tod@s tem algo a disponibilizar a alguém [seja tangível ou intangível] e aí não será apenas uma 'doação', que pode ser entendida como caridade, assistencialismo, como se as pessoas não pudessem retornar com algo, de algum modo. Penso que quem recebe ajuda já se compromete a algo. E poderia ter um banco de 'necessidades' para as pessoas saberem o que o Outro precisaria. Que tal?

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Olá, Paula! As amizades virtuais também cumprem o seu ciclo, mas como já estamos conectados o nosso tempo presencial ou virtual acaba acontecendo e daí a gente se encontra... Gostei da IDEIA do Banco de Necessidades que poderia ser um projeto paralelo e complementar ou incorporado pelo AJUDE-ME!. Aqui em SC temos o Voluntarios Online (http://www.voluntariosonline.org.br/), mas existem outras excelentes iniciativas nessa linha como o Portal do Voluntário (V2V) em http://portaldovoluntario.v2v.net/, que no meu entendimento já funcionam (e muito bem) como "Banco de Necessidades".

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Uma das coisas a considerar: como fazer as pessoas participarem depois do projeto ser colocado no ar?

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Pessoal... Estou participando de um projeto QUASE IDÊNTICO e que poderia virar algo assim também... Se puderem, visite o site http://euteajudo.org e entrem em contato para nos mobilizar em prol de algo assim... Abraços

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Olá, Luiz!

Legal a sua IDEIA. Com relação a recompensa, além da sugestão já apresentada, penso que o beneficiado poderia se comprometer com algo ao seu alcance. No exemplo específico, ele poderia se comprometer a DOAR a Cama Hospital depois de curado e retribuir o apoio com serviço voluntário que estiver ao seu alcance. O que você acha?

[ ]'s,

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Gosto muito de sua sugestão, Raciel! Soube de um projeto interessante ontem, que pode servir de inspiração. É uma plataforma para realização de sonhos (The Burried Life) - tem as coisas mais inusitadas, muito legal! Quem consegue realizar o seu sonho se compromete a ajudar um estranho a realizar o seu. Como disse o Diego: o mundo dá voltas!

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

O mundo da voltas, uma hora estamos sendo ajudados, outra hora estamos ajudando! Perfeito! ótima idéia Raciel!

Responder
Picture?type=square
Publicada há mais de 2 anos

Cara, esta ideia é sensacional!

Responder